SÃO CARLOS / RECAPEAMENTO COMEÇOU EM 2017 E DEVE FECHAR 2020 COM MAIS DE 3.200 QUARTEIRÕES RECUPERADOS

As equipes do serviço de recapeamento começaram na última quarta-feira (19/08) a recuperação das vias do Jardim Itamaraty. Este é mais um dos 27 bairros que serão atendidos na etapa dos R$ 30 milhões, recursos liberados pelo Banco do Brasil para a Prefeitura de São Carlos para o recapeamento de 1.500 quarteirões.

Desde início dos serviços da atual etapa já foram recapeados 375 quarteirões entre o centro da cidade e os bairros Cardinalli, Portal do Sol, Ipanema, Santa Mônica e Vila Pureza, além de trechos da Carlos Botelho, XV de Novembro, rua Jesuíno de Arruda, Padre Teixeira, Treze de Maio e Miguel Petroni.

O serviço de recapeamento começou em 2017 no entorno do Parque do Bicão, um investimento de R$ 465.373,54 com recursos do Governo Federal. Com recursos do próprio município no valor de R$ 2,5 milhões o serviço seguiu para o bairro Cidade Aracy, onde foram recuperados 100 quarteirões na primeira fase. Já numa segunda etapa foram recapeados mais 24 metros quadrados de vias no Aracy, um investimento de R$ 684.540,14 com recursos de emenda parlamentar.

Em 2018 mais recursos foram conquistados para recape. Com investimento de R$ 4 milhões, conquistados a fundo perdido junto ao Governo do Estado, a Prefeitura recuperou mais de 40 quarteirões de vias públicas nos bairros Santa Felícia e Vila Elisabeth. O distrito de Santa Eudóxia também recebeu o serviço em 4.680 metros quadrados de vias do Jardim Itararé, um investimento de R$ 152.028,96, provenientes de emenda parlamentar. Os bairros São João Baptista, Vila Costa do Sol, Jardim Lutfala, Lagoa Serena e mais vias da região central também receberam o serviço, outro investimento de R$ 4.096.860,89.

Com recursos próprios a recuperação de ruas continuou com a aplicação de R$ 4.240.469,52  atendendo nessa etapa vias da Vila São José, Castelo Branco e da região central, como as ruas 7 de Setembro, 9 de Julho, Visconde de Inhaúma, Cezar Ricome, Achile Bassi, Carlos de Camargo Salles, Salomão Dibbo, Luiz de Toledo Pizza e Adolfo Cattanni.

Com recursos próprios a Prefeitura de São Carlos conseguiu recuperar 745 quarteirões entre 2017/2018. Em 2019 o município conseguiu firmar um convênio com a Caixa Econômica Federal, por meio do Programa de Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento – FINISA, para recuperar 956 quarteirões, um investimento de R$ 20 milhões. Nesta etapa foram atendidos os seguintes locais da cidade: avenidas Miguel Petroni e João de Guzzi (inteiras), partes do bairro Arnon de Mello, parte do Santa Felícia, Jardim Tortorelli inteiro, Planalto Paraíso; Jardim Paulistano, Jardim Centenário e Nova Estância. Algumas ruas do Jardim Nova Santa Paula. Parte da avenida Trabalhador São-carlense;  avenidas Antônio Blanco e José de Alencar e rua Dr. Eugênio de Andrade Egas; Jardim das Torres, Jardim Botafogo, algumas ruas da Vila Pelicano e Jardim Medeiros, rotatória do Shopping, rotatória do Cristo, avenida Tancredo Neves até a entrada do bairro Botafogo, algumas ruas do Boa Vista, Medeiros e região do SENAI; bairros Jardim Pacaembu, Vila Isabel e Parque Primavera. Algumas ruas e as principais avenidas do Jardim Tangará. As principais avenidas do Jardim Cruzeiro do Sul e do São Rafael. Finalização da avenida Coronel José Augusto de Oliveira Salles e rua Santa Gertrudes. No Antenor Garcia foi feita a finalização da avenida Tetracampeonato, Donato Pedrino, Maria Eugênia Fabiano e Guarindo Baldan.

Em 2020 estão sendo aplicados mais R$ 30 milhões em recape liberados pelo Banco do Brasil. O serviço já foi realizado em 375 quarteirões e no total vai atender 27 bairros, totalizando 1.500 quarteirões nesta etapa.

De acordo com a Secretaria Municipal de Obras Públicas, pasta que coordena os trabalhos e que fiscaliza a qualidade do serviço prestado pelas empresas vencedoras dos processos licitatórios, ainda serão atendidos os seguintes bairros na atual fase: Jardim Medeiros, Jardim Beatriz, Vila Carmem, Boas Vista (1 e 2), Recreio dos Bandeirantes, Jardim Paulista, Jardim Bandeirantes, Acapulco, São Carlos III, Jardim Brasil, Vila Monteiro, Jardim Ricetti, Bicão, Vila Nery, Vila Marina, Jacobucci, Vila São José, Munique, Maria Stella Fagá e trechos da avenida Trabalhador São-carlense, próximo à USP e terminal rodoviário. Recentemente também foi investido R$ 1,8 milhão com recursos próprios no recapeamento do bairro Presidente Collor.

“Começamos timidamente em 2017 em virtude das dívidas que o município tinha. Pagamos mais de R$ 100 milhões em restos a pagar e a cidade também precisava do serviço de tapa-buraco, de limpeza e os recursos eram poucos. Mas devagar conseguimos alguns recursos externos e fomos tocando o serviço. Conseguimos emendas parlamentares, dinheiro com a Desenvolve SP, a fundo perdido com o Governo do Estado e usamos recursos próprios, mas mesmo assim não foi suficiente para recuperar todas as vias que não tinham mais de condições de recuperação somente com tapa-buraco, por isso optamos por essas linhas de crédito oferecidas pela CEF e Banco do Brasil. A nossa intenção é recapear 90% das ruas da cidade até dezembro”, afirma o prefeito Airton Garcia.

Segundo o secretário de Obras Públicas, Reginaldo Peronti, finalizando a fase dos R$ 30 milhões o município vai contabilizar 3.200 quarteirões recuperados. “Sem dúvida a maior recuperação de vias realizada já realizada em São Carlos”.

Mariel Olmo, secretário de Serviços Públicos, pasta que também acompanha o serviço de recape e de tapa-buraco, disse que novas licitações foram abertas. “Além dos R$ 30 milhões acabamos de licitar mais R$ 2,3 milhões para atender o Jardim Maracanã, Astolpho Luiz do Prado, Timburis e Jardim Alvorada. Em 4 anos vamos totalizar quase R$ 80 milhões em recape somando recursos próprios, emendas parlamentares, fundo perdido e convênios com instituições financeiras”, finaliza Olmo.

A Prefeitura, por meio da Secretaria de Serviços Públicos, também está trabalhando com as equipes de limpeza nos bairros que estão recebendo o serviço de recapeamento.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *