Novas placas de trânsito são instaladas em Ibaté

CDHU está sendo totalmente sinalizado e outros bairros da cidade recebem placas complementares

A Prefeitura de Ibaté, por meio da Secretaria Municipal de Obras, está fazendo um trabalho de Sinalização Vertical de Trânsito na cidade, com destaque para a sinalização de todo o novo Conjunto Habitacional Antonio Moreira (CDHU).

Estão sendo instaladas placas em chapa galvanizada, indicando Pare, Proibido Parar e Estacionar, Proibido Estacionar Caminhão e Ônibus, Sentido Obrigatório, Sentido Proibido, Sentido Duplo, Lombadas e Controle de Velocidade. Seguindo os padrões de trânsito, as placas são pintadas e adesivadas com película refletiva e são fixadas em suporte de madeira tratada com três metros de altura.

O Secretário Municipal de Obras de Ibaté, Daniel Luis Antonio Cardoso, explicou que, além da nova sinalização no CDHU, está sendo feita uma complementação de placas em outros bairros de Ibaté, como no Jardim Menzani, Jardim Icaraí, Jardim Nossa Senhora Aparecida e Vila Bandeirantes.  “São mais de 130 placas que estão sendo colocadas. Na Rua Domingos Cardoso, por exemplo, em frente a garagem da Prefeitura, será fixada uma placa de Proibido Parar e Estacionar para garantir a agililidade e segurança na saída de ambulâncias”.

Várias placas de Pare já foram colocadas em cruzamentos da Rua Francisco da Silva, Rua Caetano Ramos de Macedo e da Avenida Santa Rufina. “Na Avenida Santa Rufina, nos dois sentidos da via, também será sinalizada a proibição de estacionar caminhões e ônibus. Já na Rua Antonio Peruci, até Avenida Santa Rufina, será indicado Sentido Proibido e na Rua João Apparecido de Souza, entre as Ruas Antonio Peruci e Francisco da Silva, a placa será de Sentido Duplo”, exemplificou o Secretário.

A colocação das placas está sendo feita por empresa vencedora de licitação, com a indicação e supervisão da Secretaria Municipal de Obras de Ibaté.

FOTO: Rua Armando Prado esquina com Avenida Santa Rufina, em Ibaté, tem nova placa de Pare

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *