MORADORES EM SITUAÇÃO DE RUA SERÃO VACINADOS CONTRA A COVID-19 COM DOSES DA JANSSEN

O IMUNIZANTE É APLICADO EM DOSE ÚNICA

O Comitê POP Rua, criado em 2019 pelo Decreto Municipal nº 193 em consonância com o Decreto nº 7053/2009 , que institui a Política Nacional para a População em Situação de Rua e seu Comitê Intersetorial de Acompanhamento e Monitoramento, realizou na última semana a primeira reunião com a participação dos representantes  da sociedade civil, governamentais  e dos usuários.

A pauta principal da reunião foi a vacinação contra a COVID-19 e também contra a gripe para os 250 moradores em situação de rua, ação prevista no Plano São Paulo. Também foram abordadas questões relacionadas ao trabalho, empregabilidade, formação e funcionamentos dos serviços. Uma das metas é a elaboração de um Plano Municipal de Políticas para a População em Situação de Rua, com implicação das diferentes políticas públicas e a ações da sociedade civil.

Para as próximas pautas de trabalho serão abordadas ações de zeladoria a serem executadas, acompanhamento da vacinação e moradia para essa população, entre outras questões. “Neste momento solicitamos que sejam reservadas para esse público a vacina da Janssen, já que esse imunizante é dose única. Consideramos relevante a aplicação dessa vacina específica, pois agiliza o processo de imunização, não sendo necessário o retorno para a segunda dose”, justifica Glaziela Solfa Marques, secretária de Cidadania e Assistência Social

O Comitê vem tendo papel fundamental no monitoramento dos Planos de Contingências elaborados para o enfrentamento da Pandemia do COVID-19. A política pública de assistência social tem papel articulador das demais políticas para o atendimento da população em situação de rua”, garante Ana Dellapina, assistente social e supervisora do Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua (Centro POP).

A diretora de Vigilância em Saúde, Crislaine Mestre, confirmou que o município vai receber doses da vacina Janssen e que parte desse lote será reservado para a imunização da população em situação de rua. “Vamos montar um esquema especial juntamente com a Secretaria de Cidadania e Assistência Social e o Centro POP para que essas pessoas sejam imunizadas em dose única. As demais doses serão direcionadas para a faixa etária que estiver sendo vacinada”, confirmou a diretora.

Também participaram da reunião representantes das secretarias de Saúde, Habitação e Desenvolvimento Urbano, Infância e Juventude, Trabalho, Emprego e Renda, Cidadania e Assistência Social, e representantes da sociedade civil como Pão Fraterno, Varal do Bem, Coletivo Livre de Redução de Danos e Comunidade Divina Misericórdia.