Escola Julio B. Mendes de Ibaté faz linda homenagem para funcionários

É comemorado no dia 30 de setembro, o dia da secretária, data em que são homenageados os profissionais que auxiliam o trabalho de outra pessoa, atuam como assessores na organização de atividades do cotidiano, rotinas administrativas, organização de eventos, viagens e demais tarefas, seja em um escritório ou no ambiente escolar, onde são conhecidos como oficiais de escola. Eles desempenham papel importante na parte administrativa da Unidade de Ensino e tem inúmeras funções, dentre elas atender a comunidade escolar, registrar e atualizar arquivos cadastrais, controlar a movimentação de alunos entre outras que podem surgir de acordo com a demanda da própria escola.

 

Reconhecendo o trabalho e a importância de cada uma delas, direção e coordenação da Escola Municipal “Julio Benedicto Mendes” fizeram uma linda homenagem para a funcionária Donara Lanza Martins de Arruda como forma de agradecimento e valorização pelo trabalho prestado.

Para o diretor Alexandre Moraes Gaspar, é importante que os funcionários sejam reconhecidos e valorizados. “Os professores são os responsáveis pelo processo de ensino e aprendizagem, mas os demais funcionários também participam do processo educacional, dando o suporte necessário para que a aprendizagem aconteça. É importante reconhecer o trabalho deles, já que todos são importantes para um bom funcionamento da Unidade de Ensino. A oficial de escola Donara é responsável pela organização de documentos, matrículas e transferências de estudantes, organização de turmas, registro de históricos escolares, entre outras funções de suma importância, o que exige muita responsabilidade, e por isso merece ser reconhecida e valorizada”, ressaltou Gaspar.

 

A Unidade de Ensino também homenageou a inspetora Katia, as monitoras Antonia, Dalvana, Débora, Grazielle e Milene e as funcionárias Lucélia e Cecília, que são responsáveis pela limpeza. “Não existe uma data para esses profissionais, por isso aproveitamos o dia de hoje para agradecermos o trabalho realizado por elas, já que sem elas a escola não tem o mesmo brilho”, concluiu Gaspar.