CIDADANIA AUMENTA COTA MENSAL DE GÁS

A Secretaria Municipal de Cidadania e Assistência Social, em virtude do aumento do gás de cozinha, mais de 30% somente esse ano, da pandemia da COVID-19 que causou a perda de renda de muitas famílias, registrou um aumento significativo nas solicitações de acesso ao “Benefício Eventual Recarga de Gás” garantido pelo município.

 

Anteriormente eram repassadas 60 cotas mensais da recarga de gás, com a pandemia e o aumento do produto, foi necessário triplicar a aquisição desse benefício. “Fizemos essa aquisição para atender todas as famílias que haviam solicitado o acesso a recarga de gás e também para garantir que não ocorra espera a esse benefício”, explica a secretária de Cidadania e Assistência Social, Vanessa Barbuto.

 

Para atender a todos os pedidos que estavam cadastrados foi necessário passar de 60 recargas por mês para 191. “Conseguimos zerar a fila e a nossa ideia e atender os usuários com espera mínima entre o pedido, a aquisição e entrega do benefício”, afirma a secretária.

 

O benefício é eventual sendo uma medida de proteção social de natureza temporária e tem a intenção de prevenir e promover o enfrentamento das situações provisórias que possam fragilizar os indivíduos e suas famílias.

 

VALE GÁS – Além do benefício municipal, o Governo do Estado também oferece, por meio do programa Vale Gás São Paulo, o auxílio para pessoas em situação de vulnerabilidade.   O Vale Gás funciona por meio de transferência de renda destinada a compra de botijão de gás de cozinha (GLP 13kg). Tem direito ao programa famílias inscritas no Cadastro Único (CadÚnico) que não recebem Bolsa Família e que possuem renda mensal per capita de até R$ 178,00. Em São Carlos 2 mil famílias têm direito a receber o Vale Gás do Governo do Estado.

 

Para saber se a pessoa terá direito ao auxílio, basta acessar o endereço eletrônico www.valegas.sp.gov.br e preencher o número do NIS para consultar se está elegível para receber o benefício. Quem não tiver acesso à internet, pode pedir informações no CRAS próximo à residência.

 

“É importante que o munícipe mantenha os dados de cadastro do Portal Bolsa do Povo sempre atualizados. É através dessas informações que os governos conseguem entrar em contato para enviar detalhes e informações complementares sobre os benefícios. Por isso, é fundamental manter os dados sempre atualizados”, ressalta Vanessa Barbuto.

 

Nesta segunda-feira (22/11) também foi sancionada pela Presidência da República a lei que cria um vale gás federal. Pelo programa metade do preço do gás de cozinha será subsidiado a famílias de baixa renda por cinco anos. A sanção foi publicada no Diário Oficial da União. A lei que cria o programa “Gás para os Brasileiros” vai beneficiar a população que está inscrita nos programas sociais do Governo Federal. O subsídio de no mínimo 50% valerá para a compra do botijão de 13 quilos a cada dois meses. O município está aguardando maiores informações sobre este programa.