BOLSA-TRABALHO ABRE INSCRIÇÕES PARA 120 VAGAS EM SÃO CARLOS

A Prefeitura de São Carlos em parceria com o Governo do Estado de São Paulo, está com inscrições abertas até o dia 7 de fevereiro para 120 vagas para o Bolsa-Trabalho, programa gerenciado através da Secretaria Municipal de Trabalho, Emprego e Renda.

 

O programa oferece bolsa mensal de R$ 540,00 para os selecionados que devem cumprir uma jornada de trabalho por 4h diárias, 5 dias por semanas em órgãos públicos durante os 5 meses do programa.

 

Para estar elegível no programa é necessário estar em situação de desemprego, desde que não seja beneficiário do seguro-desemprego ou qualquer outro programa equivalente, residir no estado de São Paulo por pelo menos dois anos, possuir renda per capita de até meio salário mínimo e ser maior de 18 anos. É importante destacar também que o programa oferece além do benefício, um curso de capacitação.

 

O cadastro deve ser realizado através do portal https://www.bolsadopovo.sp.gov.br/, e para aqueles que encontrarem alguma dificuldade na inscrição, podem procurar Secretaria Municipal de Trabalho, Emprego e Renda, localizada na avenida São Carlos, nº 1.839, no centro. O horário de atendimento é das 8h às 17h.

ACISC E SUZANTUR SE REÚNEM PARA FALAR SOBRE O TRANSPORTE

Nesta sexta-feira (21), o presidente da ACISC (Associação Comercial e Industrial de São Carlos), José Fernando Domingues, o Zelão, se reuniu com o coordenador operacional da Suzantur, Thiago

Henrique Genari, para falar sobre o transporte público nas regiões comerciais de São Carlos.

No encontro, Zelão, falou sobre as linhas de ônibus que atendem essas regiões, com o objetivo de buscar de forma conjunta, ações que possam melhorar o trajeto dos trabalhadores e da população

em geral. “Por meio de pedidos dos comerciantes e empresários, queremos entender como funcionam essas linhas para que possamos opinar e buscarmos melhorias em conjunto. Estamos sempre

de portas abertas para encontrarmos soluções e discutirmos ações eficazes, não só para a categoria, mas para toda a comunidade”, disse.

Segundo o coordenador da Suzantur, ter uma relação mais próxima com a ACISC, vai ajudar bastante o serviço prestado aos usuários das regiões comerciais. “Estamos sempre empenhados em

atender os usuários das regiões comerciais, acompanhando os horários de entrada, saída e o funcionamento do comércio aos sábados. Ter a ACISC, atuando em conjunto conosco, com certeza vai

ser de grande valia. Portanto foi uma reunião bastante necessária para continuarmos trabalhando de forma eficiente”, ressaltou o coordenador.

COMUNICADO SAAE – 26/01/22

O Serviço Autônomo de Água e Esgoto – SAAE São Carlos – informa que está realizando a manutenção corretiva emergencial da bomba do poço do Centro de Produção, Reservação e Distribuição do Jardim do Bosque, localizado na rua Antônio Novaes.

 

Como o Centro de Produção auxilia o abastecimento dos bairros Parque Fehr, Jardim Embaré, Terra Nova, Moradas I, II, III, Jardim Araucária e região do grande Santa Felícia poderá ocorrer desabastecimentos nestas regiões.

 

As equipes estão trabalhando ininterruptamente para concluir os trabalhos até a próxima sexta-feira, dia 28 de janeiro. O SAAE realizou manobras nas redes de distribuição de água e providenciou caminhões pipa para abastecer os reservatórios. A autarquia solicita que os usuários utilizem a água somente para tarefas essenciais e inadiáveis.

 

Outras informações podem ser obtidas no Serviço de Atendimento ao Usuário pelo telefone 0800-300-1520.

 

MANUTENÇÃO EMERGENCIAL –  BAIRRO SÃO CARLOS VIII – O SAAE também está realizando a manutenção de rede no bairro São Carlos VIII. A previsão é que até o início da tarde o abastecimento de água já esteja normalizado.

PREFEITURA VAI REALIZAR MAIS UM ETAPA DE CASTRAÇÃO DE ANIMAIS DOMÉSTICOS

A Secretaria de Serviços Públicos, por meio do Departamento de Defesa Animal, realiza na próxima quarta-feira (26/01), no Jardim Zavaglia, das 7h30 às 17h, mais uma etapa das ações de castração de animais domésticos (cães e gatos) em unidade móvel.

 

Somente serão castrados 200 animais que já estão na lista de espera do CADPETSãoCarlos, sistema online para agendamento das cirurgias de castração que funciona através do link http://servico.saocarlos.sp.gov.br/canil. Os tutores dos animais cadastrados no CADPETSãoCarlos receberão a confirmação com a data, horário e local da cirurgia por e-mail.

 

Em novembro do ano passado o Departamento de Defesa Animal ofereceu 600 vagas para cirurgias, porém somente foram levados 398 animais. Em dezembro realizou mais 300 cirurgias e agora começa 2022 com a realização de mais 200 castrações de animais que já estavam na lista de espera.

 

Os procedimentos cirúrgicos de castração são realizados em base móvel, toda equipada e com profissionais habilitados com reconhecimento dos órgãos oficiais. No dia 26 de janeiro a base será montada na rua Antônio Donato, nº 400, no Jardim Zavaglia.

 

VISITAÇÃO CANIL – Já no próximo sábado (29/01), das 9h30 às 16h, o Canil e Gatil estarão abertos para visitação e adoção responsável de animais abrigados. Para a visitar o local é necessário fazer o agendamento no site da Prefeitura de São Carlos no link http://agendamento.saocarlos.sp.gov.br/agendamentoCanil.php. Todos os protocolos sanitários são exigidos como uso de máscaras, álcool em gel e distanciamento.

FEIRAS LIVRES SEGUEM FUNCIONANDO COM O CUMPRIMENTO DOS PROTOCOLOS SANITÁRIOS CONTRA A COVID-19

A Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento informa que as feiras livres continuam funcionando normalmente com o cumprimento de todos as exigências da área da saúde quanto aos protocolos sanitários para a não disseminação da COVID-19.

 

Os pequenos agricultores cadastrados na Prefeitura foram orientados quanto aos cuidados que devem permanecer sendo exigidos como uso de máscara, álcool em gel, distanciamento entre as barracas e evitar aglomeração.

 

Confira os locais das feiras livres em São Carlos:

– Terças-feiras, das 5h às 12h na Praça XV, Centro;

– Quintas-feiras, das 5h às 12h na Praça Brasil, na Vila Nery;

– Sábados, das 5h às 12h, Feira da Agricultura Orgânica, na Praça dos Voluntários;

– Sábado, 7h às 13h, no Parque do Kartódromo, Jardim Nova Santa Paula;

– Domingos, das 5h às 12h, na avenida Grécia, na Vila Prado.

FEBRE AMARELA: MUNICÍPIO VAI INSTALAR PLACAS INFORMATIVAS NAS ÁREAS DE RISCO

No verão o risco de transmissão da Febre Amarela é maior

 

A Unidade de Controle de Zoonoses e Endemias do Departamento de Vigilância em Saúde de São Carlos alerta a população para a chegada do verão, período de maior risco de transmissão da Febre Amarela. Essa preocupação se dá devido ao início do período de férias, com o aumento da circulação de pessoas não vacinadas para áreas recém afetadas pelo vírus e áreas endêmicas de ocorrência da doença, seja dentro do estado de São Paulo ou outros municípios do Brasil, mesmo em período de pandemia de COVID-19.

 

Desde abril de 2017, o Brasil adota o esquema vacinal de apenas uma dose durante toda a vida, medida que está de acordo com as recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS). Toda pessoa que reside em áreas com recomendação da vacina contra Febre Amarela e pessoas que vão viajar para essas áreas devem se imunizar pelo menos 10 dias antes do deslocamento.

 

O município de São Carlos é área com recomendação permanente da vacina contra a Febre Amarela desde o ano de 2008. A vacina está disponível em todas as unidades de saúde para as pessoas que ainda não tomaram nenhuma dose.

 

Até o momento, a cobertura vacinal de Febre Amarela no município é de 53,77% (dados 2021).

 

Com o objetivo de orientar e esclarecer a população, a Unidade de Controle de Zoonoses e Endemias, vai iniciar a instalação de placas de alerta em pontos definidos como áreas de risco de transmissão de febre amarela, como áreas de mata, áreas de condomínios residenciais próximas a áreas silvestres, caracterizadas pela ocupação humana e desmatamento, como por exemplo, assentamentos, dentre outros.

 

A Febre Amarela tem importância epidemiológica por sua gravidade clínica e potencial de disseminação em áreas urbanas infestadas pelo mosquito Aedes aegypti, cujo ciclo de vida se completa em uma semana em criadouros artificiais disponibilizados pelo homem. Vale ressaltar que o Aedes aegypti também é o vetor da Dengue, Zika e Chikungunya, arboviroses urbanas que também apresentam maior incidência no período de verão. Portanto, a população deve redobrar os cuidados para manter o ambiente livre de criadouros do vetor.

 

Na cidade não há nenhum caso da doença registrado em 2021. Desde 1942, não há casos de febre amarela urbana no Brasil.

 

DOENÇA – A Febre Amarela é uma doença infecciosa febril aguda, causada por um vírus transmitido por mosquitos vetores. A doença possui dois ciclos de transmissão distintos: silvestre e urbano. No ciclo silvestre (quando há transmissão em área rural ou de floresta), os mosquitos que vivem nas copas das árvores (Haemagogus e Sabethes) são transmissores e reservatórios do vírus e os primatas não humanos (macacos) são hospedeiros e amplificadores do vírus. Nesse ciclo, o homem participa como um hospedeiro acidental ao adentrar áreas de mata. No ciclo urbano, o homem é o único hospedeiro com importância epidemiológica e a transmissão ocorre a partir de vetores urbanos (Aedes aegypti) infectados.

 

Os macacos não transmitem a febre amarela. Eles são importantes sentinelas para alerta em regiões onde o vírus da Febre Amarela está circulando. Macacos mortos são analisados em exames específicos para detectar se a causa morte foi Febre Amarela, o que aciona o alerta de cuidado com as pessoas

 

Os sintomas iniciais da febre amarela são: início súbito de febre, calafrios, dor de cabeça intensa, dores nas costas, dores no corpo em geral, náuseas e vômitos, fadiga e fraqueza. A única forma de prevenção da doença é a vacinação.

 

O estado de São Paulo vem, desde 2016, enfrentando um surto de Febre Amarela Silvestre. A maioria dos casos confirmados ocorreram em pessoas não vacinadas, que se expuseram a áreas e ou atividades de risco (ambientes silvestres ou de mata). Atualmente, todos os estados brasileiros têm recomendação para a vacina contra a Febre Amarela.

Centro Cultural de Ibaté continua com matrículas abertas para cursos gratuitos

O Centro de Formação Artística “Anna Ponciano Marques”, em Ibaté, continua realizando matrículas para diversas atividades e cursos gratuitos. As aulas estão previstas para iniciar no dia 02 de fevereiro de 2022.

 

De acordo com o chefe da Divisão Municipal de Cultura, Josiel Gama, alguns cursos terão horários noturnos, já que muitas escolas estão em período integral e aqueles interessados encontram dificuldades por conta do horário de aula.

 

“Pensamos naqueles alunos que estarão em aula o dia todo. Então a Prefeitura disponibilizou um horário diferenciado, dando a oportunidade aos jovens para que através das aulas, eles possam adquirir conhecimento e até mesmo descobrir uma profissão”, explicou.

 

Há vagas para os cursos de: Capoeira; Dança Contemporânea; Percussão; Desenho; Banda Marcial; Balé; Violão; Viola; Inclusão Digital; Administrativo Tecnológico; Teclado; Canto e Técnicas Vocais; Dança de Rua; e a grande novidade que é o curso de Circo, o qual acontecerá aos sábados, no período da tarde.

 

As aulas de circo acontecerão na Academia Municipal, para adultos e crianças. “Está disponível aulas de perna de pau, malabares, tecido acrobático e trapézio. Lembrando que os profissionais que fazem parte dos Projetos de formação artística e cultural, são os mais renomados do interior Paulista, oferecendo um desenvolvimento diferenciado e de extrema qualidade”, relata Gama.

 

As matrículas são presenciais e abertas aos moradores de toda cidade com a opção de frequentar um curso ou mais. “Os interessados devem se inscrever no próprio Centro Cultural, localizado na rua Itirapina, ao lado da Unidade Básica da Saúde (UBS) Jardim Cruzado. Todos os cursos são gratuitos”, finalizou o diretor.

 

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (16) 3343.4676, de segunda a sexta-feira, das 7h às 12h e das 13h às 17h.

JANEIRO ROXO: CAIC ALERTA SOBRE A HANSENÍASE

A Secretaria Municipal de Saúde de São Carlos, por meio do Centro de Atendimento de Infecções Crônicas “Ana Claudia Lucato Cianflone” (CAIC), deu início neste mês, a Campanha Contra a Hanseníase “Janeiro Roxo” para chamar a atenção da população para o problema e informar que hoje o tratamento é eficaz.

 

O Brasil ocupa o segundo lugar mundial em número de casos de hanseníase, perdendo apenas para a Índia. Em 2019, foram reportados à Organização Mundial da Saúde (OMS) 202.185 casos novas da doença no mundo. Desses, 29.936 (93%) ocorreram na região das Américas e 27.864 foram notificados no Brasil.

 

De acordo com a dermatologista do CAIC, Lorena Carla Oliveira Costa, a transmissão do bacilo de Hansen ocorre por meio de gotículas de saliva e secreções nasais de paciente com forma transmissora não tratada, após convivência muito próxima e prolongada, geralmente na mesma residência. “A Hanseníase tem cura, o tratamento é feito com antibióticos específicos e é oferecido gratuitamente”.

 

A suspeita é feita pelo próprio paciente e pela equipe de saúde, sendo o diagnóstico constatado por um médico que envolve uma avaliação clínica, dermatológica e neurológica do paciente por meio de testes de sensibilidade, palpação de nervos e avaliação de força motora.

 

A hanseníase se manifesta na pele pelo aparecimento de manchas brancas ou vermelhas e de lesões vermelhas altas denominadas placas ou infiltrações. Essas lesões se caracterizam por terem a perda da sensibilidade (a pessoa se queima e se machuca sem perceber), porque a bactéria tem uma afinidade grande pelos nervos periféricos. Áreas da pele com diminuição dos pelos e do suor, também são sintomas da doença.

 

O Centro de Atendimento de Infecções Crônicas (CAIC), localizado na avenida São Carlos, 3.392, no Tijuco Preto, atende atualmente 8 pacientes com a doença.

 

Os agendamentos para diagnóstico podem ser feitos nas Unidades Básicas de Saúde (UBS´s) e Unidades de Saúde da Família (USF´s), com os retornos marcados no CAIC após a consulta.

 

EXPORTA SP ABRE INSCRIÇÕES PARA 300 VAGAS DE CAPACITAÇÃO PARA EXPORTAÇÃO

A Secretaria Municipal de Trabalho, Emprego e Renda de São Carlos informa que o Programa Paulista de Capacitação para Exportações, o Exporta SP, está com inscrições abertas para a seleção de 300 micro, pequenas e médias empresas, de todas as regiões do estado, interessadas em receber treinamento para acessar o mercado internacional. Os empresários têm até o dia 11 de fevereiro de 2022 para fazer o cadastro pelo site da InvestSP (Agência Paulista de Promoção de Investimentos e Competitividade).

 

Para participar do Exporta SP, o interessado, depois de se cadastrar no site da InvestSP, passa por um processo de seleção. A ideia é avaliar o estágio no qual a empresa se encontra para acessar o mercado externo. Se for selecionada, ela receberá o contato de um tutor que irá prepará-la para cumprir todas as etapas do treinamento.

 

O projeto da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE), gerido pela InvestSP, é o maior programa de capacitação para exportações já executado no Estado de São Paulo e tem o diferencial de incluir em seu escopo de atuação startups e empresas do setor de serviços. Ele visa descentralizar as ações de apoio à exportação e é realizado totalmente por meio de plataformas online.

 

Esta será a terceira turma do Exporta SP, que já formou 355 empresas nas duas edições anteriores. Muitas delas começaram a exportar já durante a capacitação. Cerca de 20% das empresas formadas no Exporta SP exportaram pelo menos uma vez depois da elaboração do planejamento para exportação, que é feita ao longo do treinamento.

 

COMO FUNCIONA O EXPORTA SP  A capacitação dura 4 meses e aborda os temas que mais desafiam os empresários no processo de internacionalização de seus produtos e serviços. Ao longo do treinamento, questões como inteligência comercial, formação de preços, adequação de produtos e serviços, planos de negócios, marketing e vendas são abordadas por especialistas da Fundação Instituto de Administração (FIA).

 

Um dos diferenciais fica por conta das mentorias, os momentos de atendimento individual nos quais a equipe da FIA e a empresa discutem a elaboração do roadmap da exportação, repassam as principais questões e debatem o conteúdo dentro do contexto da empresa. São feitas 4 mentorias no decorrer do curso, que podem ser agendadas para o dia e o horário mais convenientes para o empreendedor.

 

O PROGRAMA – Ao longo da capacitação, o empreendedor terá aulas e acesso à plataforma online de conteúdo chamada AVA (Ambiente Virtual de Aula), que utiliza o modelo Canvas, a ferramenta mais usada atualmente para planejamento de negócios. Também serão realizados workshops, que auxiliarão os participantes a construir uma rede de contatos de empresários que buscam a inserção no mercado internacional.

 

Para mais informações, visite o site da InvestSP e acesse a seção sobre o Exporta SP. Ou entre em contato com a equipe de promoção de exportações da Agência: E-mail: spexport@investsp.org.br ou Telefones: (011) 3100-0309 e (011) 3100-0395.

CONFIRA OS NÚMEROS DA DENGUE EM SÃO CARLOS

Em 2022 já foram registradas em São Carlos 28 notificações, com 5 casos positivos de Dengue, sendo 4 autóctones e 1 importado. Para Chikungunya, Zika e Febre Amarela não foram registradas

notificações até o momento.

Em 2021 foram registradas 664 notificações, com 135 casos positivos de Dengue, sendo 101 autóctones e 34 importados. Para Chikungunya foram registradas 30 notificações, todas descartadas.

Para Febre Amarela foi registrada 1 notificação, com 1 resultado negativo para a doença. Para Zika foram registradas 12 notificações com 12 resultados negativos.

Em 2020 foram registradas 1.638 notificações para dengue, com 975 descartados, 640 positivos, 582 autóctones, 58 importados e 1 óbito confirmado. Para Febre Amarela foram registradas 6

notificações, com 6 resultados negativos para a doença. Para Zika foram registradas 07 notificações com 07 resultados negativos.