PARCERIA ENTRE SECRETARIA DE CIDADANIA E ASSISTÊNCIA SOCIAL E UFSCAR PROMOVE OFICINAS DE INCLUSÃO PRODUTIVA PARA POPULAÇÃO EM SITUAÇÃO DE RUA

Uma parceria entre o Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua (Centro POP) e o Laboratório de Atividades Humanas e Terapia Ocupacional (AHTO), coordenado pela Profª Drª Carla Regina Silva, do Departamento de Terapia Ocupacional da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) e o coletivo de criação “Unsquepensa” vem promovendo, desde março, oficinas voltadas à inclusão produtiva e cuidados integrais à população em situação de rua. As oficinas são acompanhadas pelos serviços socioassistenciais vinculados à Secretaria Municipal de Cidadania e Assistência Social.

 

O projeto, que recebe o nome “Cuidar-te – Arte e Cuidado para a população em situação de rua”, teve apoio da Plataforma de Arrecadação Benfeitoria, a partir do Projeto “Todo Cuidado Conta”, que destinou os recursos arrecadados, possibilitado a contratação de oficineiros, compra de materiais e planejamento de criação e ensino de técnicas aos participantes das oficinas. A Secretaria Municipal de Cidadania e Assistência Social também colabora com a aquisição de materiais e espaço físico para a execução das oficinas.

 

A proposta tem a perspectiva de ampliar as ações e fortalecer o papel do Centro POP e da Política de Assistência Social na oferta de espaços de convívio e participação social às pessoas em situação de rua, bem como promover a mediação do acesso dos participantes a oportunidades de inclusão produtiva, por meio do aprendizado de técnicas artesanais que possam gerar renda, assim como acesso à arte e cultura e saúde.

 

Inicialmente, os encontros promoveram o levantamento de experiências, saberes e trajetórias dos participantes, de modo a produzir estamparias exclusivas para a comercialização. Os que estão em situação de rua têm aprendido inúmeras técnicas como produção de matrizes para impressão em papel e em tecido, encadernação artesanal, costura, estamparia e macramê para produção de gravuras, cadernos, sacolas e tapeçarias com estampas que remetem à sabedoria das ruas.

 

Ao final do projeto, ainda haverá oficinas de embalagem, registro de produtos e precificação. Em todos os encontros, eles também participam de Práticas Integrativas e Complementares de Saúde (PICS), a partir de yoga e consciência corporal, como forma também de cuidado. No total, serão realizadas 40 oficinas.

 

Conheça o projeto “Cuidar-te – Arte e Cuidado para a população em situação de rua” pelas redes sociais: https://www.instagram.com/cuidarte.poprua/  e https://benfeitoria.com/projeto/cuidarte